0103  matéria(s) localizada(s) . Exibindo página 2  
28/2/2020
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO IVES GANDRA DA SILVA MARTINS
Acadêmico: Jô Soares (in memorian)

"Em mais uma solenidade de posse na Academia Paulista de Letras, recebemos, desta vez, a notável figura de um intelectual que é humorista, ator, comediante, diretor, escritor, produtor e artista plástico."
18/2/2020
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO JOSÉ PASTORE
Acadêmico: José Goldemberg

"Poucas são as academias que têm em seus quadros agraciados com o Premio Nobel. Escolhido entre 1.400 cientistas de todo o mundo, José Goldemberg recebeu o Premio Planeta Azul que corresponde ao Premio Nobel das ciências do meio ambiente."
18/2/2020
DISCURSO DE POSSE (13/02/2014)
Acadêmico: José Goldemberg

"Agradeço inicialmente aos membros da Academia Paulista de Letras pela confiança em me eleger. Considero uma honra e um privilegio ocupar a cadeira nº 25..."
18/2/2020
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO RUBENS SCAVONE
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

"Meu primeiro encontro com Luiz Carlos Lisboa já vai distante, aconteceu em certa noite de 1973, no auditório da Câmara Brasileira do Livro, quando o ora empossado recebeu o prêmio Jabuti, ante o trabalho desenvolvido através da imprensa na difusão da cultura."
18/2/2020
DISCURSO DE POSSE - JORGE CALDEIRA (08/05/2008)
Acadêmico: Jorge Caldeira

"A vida de escritor é uma vida curiosa, vida feita de momentos opostos. O primeiro desses momentos envolve o esforço para conhecer e escrever sobre aquilo que se conhece. Esse momento é solitário, depende muito da vontade e da competência."
18/2/2020
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Rubens Barbosa

"É com grande satisfação que assumo a cadeira 10 da Academia Paulista de Letras, que este ano celebra 110 anos de existência. A cadeira 10, cujo patrono é Cesário Mota Junior, teve como meus antecessores Eduardo Guimarães, Paulo Setúbal, Gustavo Teixeira, Afonso Schmidt, Edmundo Vasconcelos e Paulo Nogueira Neto."
18/2/2020
TÍTULO DE PROFESSOR EMÉRITO E GUERREIRO DA EDUCAÇÃO RUY MESQUITA 2019.
Acadêmico: Paulo Nathanael Pereira de Souza

Discurso de recepção do Título de Professor Emérito e Guerreiro da Educação Ruy Mesquita 2019 (15 de outubro de 2019)
23/5/2017
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Synesio Sampaio Goes Filho

"Queridos amigos. Conhecendo ou não o porto de destino, o melhor é concentrar-se na viagem. Cuidar de amores e amizades, fazer bem e fazer o bem. E, para lembrar Montaigne, não se levar muito a sério e esperar que a morte nos encontre sem temores, plantando nossas couves..."
10/11/2016
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Jô Soares (in memorian)

"Na hora de escrever este discurso, descobri, para meu espanto, que nunca havia escrito sobre mim mesmo. Com 58 anos de atividade, era a primeira vez que isso ocorria"
1/11/2016
DISCURSO EM COMEMORAÇÃO AO PRÊMIO FUNDAÇÃO CONRADO WESSEL
Acadêmico: Lygia Fagundes Telles

Com a premiação, a Fundação Conrado Wessel faz hoje este heróico convite ao jovem e ao velho: “Me leia, não me deixe morrer!” Sim, a palavra escrita é “a negação da morte”.
5/5/2016
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO GABRIEL CHALITA
Acadêmico: Dom Fernando Antônio Figueiredo

"Traga consigo Agostinho de Hipona e Francisco de Assis. Traga também as suas inquietações. Mas não se esqueça de trazer a esperança. A esperança, convidada freqüente de sua prosa, vai dar mais acalento ao nosso recanto das letras. À beleza de Academia que temos a honra de frequentar."
5/5/2016
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Dom Fernando Antônio Figueiredo

" Estaremos juntos na busca da verdade, cuja essência é a liberdade, movidos pelo amor fraterno. Muito obrigado!"
5/5/2016
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO PAULO JOSÉ DA COSTA JR
Acadêmico: Paulo Nathanael Pereira de Souza

"Seria por demais fastidioso enumerar os títulos do novo acadêmico, que eu tenho imensa honra em saudar. Seja bem-vindo a esta Casa, que o recebe, fraternalmente, de braços abertos, sentindo-se enriquecida e orgulhosa com sua presença."
5/5/2016
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Paulo Nathanael Pereira de Souza

"Pertencer a esta Academia, desnecessário seria lembrar, representa a mais alta consideração e o mais completo reconhecimento de uma vida dedicada à produção intelectual, seja nas letras, nas artes, nas ciências, na filosofia, na religião, no cultivo, enfim, de qualquer dos gêneros superiores do espírito que se volte preferentemente para o acréscimo da cultura e a elevação moral do ser humano."
5/5/2016
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELA ACADÊMICA ANNA MARIA MARTINS
Acadêmico: Ruth Rocha

"O ingresso da escritora Ruth Rocha na Academia Paulista de Letras é fato relevante, marco que engrandece a entidade. Considero-me privilegiada por ter sido escolhida para a saudação com que a recebemos."
5/5/2016
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Ruth Rocha

"Sinto-me emocionada em pertencer a essa casa, que desde a sua fundação custou a seus membros, considerável esforço no sentido de mante-la viva e atuante."
5/5/2016
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELA ACADÊMICA ANNA MARIA MARTINS
Acadêmico: Fábio Lucas

A Academia Paulista de Letras se enriquece ao contar, entre os seus membros, com a inclusão do vosso nome prestigioso. Para essa Casa a vossa presença é uma honra; para quem vos saúda é honra e privilégio ter sido escolhida para tal incumbência.
5/5/2016
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Fábio Lucas

"Incluo nessa profissão os agradecimentos aos companheiros da Academia Paulista de Letras que também acreditam no poder transcendental da expressão e que, por isso, constituíram este cenáculo de fervorosos escritores. Simbolizo na afeição por Anna Maria Martins, prosadora admirável, a minha estima por todos os acadêmicos."
5/5/2016
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Antonio Penteado Mendonça

"Primeiro foi o mar, selva noturna/ Com solidões de estrela na manhã. Houve marcos plantados em salsugem/ E fronteiras na espuma descoberta. Primeiro foi o mar, o chão de espanto/ Sulcado pela quilha dos arados. Depois, houve caminhos e sementes/ O sonho despertou areias brancas/ E a treva amanheceu em madrugada "
5/5/2016
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO PAULO BOMFIM
Acadêmico: Antonio Penteado Mendonça

"Hoje, acadêmico Antonio Penteado Mendonça, sua presença tem o sortilégio de transformar crepúsculos em toque de alvorada. Por nossos nomes tutelares, por nossas tradições que se renovam, por nossa paixão por São Paulo, pela saudade e pela confiança que nascem de nossas raízes, seja bem-vindo a esta casa; beirais e taipas que se modernizam com a alegria de sua chegada!"
5/5/2016
ORAÇÃO DE POSSE
Acadêmico: Paulo Bomfim

"Aqui, em campos de Maio, Em chãos de Arouche e Rendon, Evocamos as auroras Que adormeceram no asfalto, Invocamos o passado Que jaz no sangue, no espaço, Nas almas da madrugada, No mistério, no atavismo Destes numes tutelares"
5/5/2016
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: José Pastore

"O que tenho a oferecer é o compromisso de depositar na Academia Paulista de Letras tudo o que aprendi, aliás, meu único patrimônio, formado pelo estímulo de meu pai Clemente - literato e professor de português - e de minha mãe Adelina, supervisora de minha educação."
5/5/2016
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO MIGUEL REALE
Acadêmico: José Pastore

Não creio seja necessário acrescentar algo para legitimar o ingresso entre nós de José Pastore, notória que é a sua competência como sociólogo da economia, como analista dos grandes problemas político-sociais do País, e como jornalista.
5/5/2016
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Ives Gandra da Silva Martins

"E pelos vultos que aqui passaram, desde 1909, sem sombra de dúvida, nada deve, em sua composição, à Academia Brasileira de Letras, pois dela sempre participaram, salvo seu mais novo membro, os maiores vultos da história da cultura do País."
5/5/2016
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO GERALDO CAMARGO VIDIGAL
Acadêmico: Ives Gandra da Silva Martins

Em verdade, quando se aproxima dos portais da augusta Academia Paulista de Letras um príncipe da advocacia, um gladiador da luta pelo direito, um cultor exponencial do estudo, da pesquisa, do ensino, já da ética, já da técnica, já das letras jurídicas - e que excede dessas letras avassalar o âmbito do poema, do conto, do ensaio, da indagação histórica, do jornalismo -, é forçoso perdoar os pequenos deslizes, compreender a emoção que neles se revela, esquecer o que não poderia estar contido na pe ...
 1     2    3     4     5   





 
Largo do Arouche, 312 / 324 • CEP: 01219-000 • São Paulo • SP • Brasil • Telefone: 11 3331-7222 / 3331-7401 / 3331-1562.
Imagem de um cadeado  Política de privacidade.