0383  matéria(s) localizada(s) . Exibindo página 4  
4/10/2021
DOIS SÉCULOS DE POLÍTICA BRASILEIRA
Acadêmico: José Renato Nalini

Quem se acostumou a saborear as lúcidas reflexões de Bolívar Lamounier no “Espaço Aberto” do Estadão, vai também se deliciar com o livro “Da Independência a Lula e Bolsonaro – Dois séculos de política brasileira”
3/10/2021
SENZA FINE
Acadêmico: José Renato Nalini

"Senza Fine" me fez pensar qual será o fim da realidade brasileira
3/10/2021
UM TESOURO DESPERDIÇADO
Acadêmico: José Renato Nalini

A ânsia por criticar o que não se compreende, faz com que o sistema de serviços que se convencionou denominar “extrajudicial” seja alvo de injustas reservas.
2/10/2021
QUAL A CAUSA PARA A DIFICULDADE COMUNICACIONAL DA ÁREA JURÍDICA?
Acadêmico: José Renato Nalini

A profusão de teorias, doutrinas, teses, dissertações e ensaios não elimina a barreira entre o ambiente do direito e o seu usuário. Por que a cidadania continua a desconhecer os meandros labirínticos do sistema Justiça?
2/10/2021
O BRASIL EM GLASGOW
Acadêmico: José Renato Nalini

Nosso país já foi exemplo ecológico para o planeta. Detentor de vários troféus gratuitos: a floresta amazônica, privilegiado percentual de água doce, uma exuberante biodiversidade, tudo conspirava – favoravelmente – para que o Brasil fosse um imenso jardim.
1/10/2021
ANTES QUE ME ESQUEÇA
Acadêmico: José Renato Nalini

O livro que Bolívar Lamounier acaba de lançar reúne crônicas, contos e outros escritos, elaborados durante a pandemia. O sugestivo título – “Antes que me esqueça” – coincide com a intenção que acalentei há tempos, de fazer algo parecido.
30/9/2021
BENDITO PAULO FREIRE!
Acadêmico: José Renato Nalini

Não faria mal a todos nós, abeberar-se um pouco no legado de Paulo Freire. Bendito Paulo Freire, lembrado por ocasião do centenário de seu nascimento.
30/9/2021
REVISITEMOS CECILIA
Acadêmico: José Renato Nalini

Os jovens deveriam mergulhar em sua poesia
29/9/2021
RETORNO PRECOCE
Acadêmico: José Renato Nalini

Com entusiasmo louvei o meu querido Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo por haver se valido da realidade digital para produzir mais de cinquenta milhões de atos judiciais durante a pandemia.
28/9/2021
UM PASSO ADIANTE. MAS AINDA É POUCO
Acadêmico: José Renato Nalini

Há décadas clamo no deserto a pleitear nova sistemática de concurso para ingresso nas carreiras jurídicas, mormente na Magistratura, onde estive por quarenta anos.
27/9/2021
QUE RESPOSTA DAR AO MUNDO?
Acadêmico: José Renato Nalini

Há quanto tempo os cientistas avisam que a floresta em pé não só é mais lucrativa e valiosa do que a madeira dela extraível, mas que é essencial para manter o mínimo de qualidade existencial imprescindível à subsistência?
26/9/2021
O RESGATE DA GRACILIDADE
Acadêmico: José Renato Nalini

Os humanos precisam de doçura para sobreviver às intempéries
26/9/2021
PARLAMENTO ALIENADO
Acadêmico: José Renato Nalini

É de pasmar que o Parlamento, que Montesquieu chamava de “caixa de ressonância das aspirações populares”, perca tempo discutindo eleições, Fundo Eleitoral e Fundo Partidário e não atente para o alarme disparado pelo IPCC.
25/9/2021
ATUALIDADE DA EDUCAÇÃO CORPORATIVA
Acadêmico: José Renato Nalini

Pensadores que observam o descompasso da educação convencional com as necessidades de uma sociedade complexa como a brasileira, encontraram alternativa à reforma do ensino que parece remota.
24/9/2021
PÁSSAROS DE IGUAL PLUMAGEM
Acadêmico: José Renato Nalini

Embora a humanidade seja um complexo plúrimo, formado por singularidades irrepetíveis, é natural o grupamento dos indivíduos que comungam das mesmas ideias. Portam idênticas convicções, alimentam-se de ideologias análogas, são devotos de uma fé com única tonalidade.
23/9/2021
OVÍDIO ROCHA BARROS SANDOVAL
Acadêmico: José Renato Nalini

Lamento adicionar à minha coleção de sentidas ausências, a morte de Ovídio Rocha Barros Sandoval, uma das mais significativas influências que recebi em minha vida.
23/9/2021
VOCAÇÃO DO REGISTRO DE IMÓVEIS 4.0
Acadêmico: José Renato Nalini

"Quem não registra não é dono!"
22/9/2021
FAMÍLIA IMPERIAL NA INTIMIDADE
Acadêmico: José Renato Nalini

Quem se detiver a cotejar o comportamento da última Família Imperial brasileira, cujo “pater famílias” era Pedro II e aquele das famílias presidenciais, pode se chocar.
21/9/2021
SAUDADES DO QUE NÃO VIVI
Acadêmico: José Renato Nalini

Confesso que assistir ao espetáculo da política brasileira no presente momento me faz sentir saudades daquilo que não vivenciei. Ou seja, da nossa experiência monárquica. Aumenta, a cada dia, minha simpatia pela família imperial.
20/9/2021
SILÊNCIO E SOLIDÃO
Acadêmico: José Renato Nalini

Mortes prematuras sempre chocam. A inversão da ordem natural é um atestado de nossa fragilidade e lembra a todos que somos efêmeros. Deveria também fazer com que todos fossem um pouco mais humildes e valorizassem de forma adequada a dádiva da existência.
19/9/2021
EDUCAÇÃO DE HOJE E AMANHÃ
Acadêmico: José Renato Nalini

Michel de Montaigne, em seus “Ensaios”, já criticava a fórmula adotada para ensinar as crianças. A escola convencional persiste em concentrar dezenas de seres singulares naquele espaço físico tradicional.
19/9/2021
JUNDIAÍ E A ESG
Acadêmico: José Renato Nalini

Incumbe à iniciativa privada assumir a racionalidade
18/9/2021
MÁCULAS JUDICIÁRIAS
Acadêmico: José Renato Nalini

É verdade que o sistema Justiça brasileiro ainda não se submeteu à profunda reforma estrutural de que necessita. É muito difícil vencer a inércia, força que torna os equipamentos estatais inamovíveis.
17/9/2021
JUSTIÇA: AINDA PRECISA DE REFORMA
Acadêmico: José Renato Nalini

Ainda não se promoveu a profunda reforma estrutural do sistema Justiça brasileiro. A Emenda Constitucional 45/2008 caminhou timidamente na direção desejável. O que faltaria para o Poder Judiciário no Brasil?
16/9/2021
DESAFIOS DA JUSTIÇA NOS PRÓXIMOS ANOS
Acadêmico: José Renato Nalini

O Judiciário é um poder estatal que garante a Democracia, mas que nunca é adequadamente julgado. Sua reputação oscila quando os extremos se entrechocam e o diálogo não tem vez. A função judiciária é sempre polêmica. Encarregada de solucionar contendas, sempre tende a desagradar uma das partes, não raro as duas.
 1     2     3     4    5     6     7     8     9   

 10     11     12     13     14     15     16   





 
Largo do Arouche, 312 / 324 • CEP: 01219-000 • São Paulo • SP • Brasil • Telefone: 11 3331-7222 / 3331-7401 / 3331-1562.
Imagem de um cadeado  Política de privacidade.